Regata-Lagoa_Rodrigo_de_Freitas-out-16

Flamengo é tricampeão da Regata Remo do Futuro

O rubro-negro venceu oito provas para faturar o caneco; Com cinco vitórias, Guanabara recebe o Troféu Paquetá

Numa manhã nublada e com um leve vento na Lagoa Rodrigo de Freitas, o Flamengo sagrou-se tricampeão da Regata Remo do Futuro ao vencer a competição, com oito pontos. Em segundo lugar ficou a equipe do Botafogo, com cinco pontos, e em terceiro lugar o Guanabara, com três pontos. A equipe do Guanabara recebeu o Troféu Paquetá.

Considerada uma das mais importantes do calendário estadual, a Regata Remo do Futuro encerrou o calendário estadual de remo. A competição foi promovida pela Federação de Remo do Estado do Rio de Janeiro com apoio da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, SUDERJ e Universidade Estácio de Sá.

Foi numa regata da competição que o remador Uncas Tales, do Botafogo, foi revelado. Em julho deste ano, ele sagrou-se campeão mundial de remo sub-23, no Skif Single Peso Leve, na Bulgária, e ainda bateu o recorde da prova. Sua primeira competição, em 2011, foi uma Regata Remo do Futuro, aos 14 anos.

O presidente da FRERJ, Paulo Carvalho, avaliou o ano de 2017 como um dos melhores para o remo, com saldo totalmente positivo para o esporte.

– Sem dúvida, o ano foi muito bom para o remo carioca, com inauguração do Centro de Treinamento, conquistas de medalhas de ouro no Mundial, a realização do Campeonato Brasileiro de Barcos Longos, no Rio de Janeiro, além do Campeonato Estadual. Estou muito satisfeito com tudo que aconteceu em 2017. Agora é programar o calendário de 2018. Semana que vem, tem assembleia para definir as datas das competições estaduais do ano que vem – afirma Paulo Carvalho.

Entre os dias 14 e 21, o CT de Remo e Pararemo do Rio vai sediar o módulo final do Curso para Treinadores de atletismo, canoagem ciclismo e remo promovido pela Academia Brasileira de Treinadores do Comitê Olímpico Brasileiro. O estágio internacional, como é chamado esse último módulo, será ministrado pelo treinador croata Nikola Bralic, técnico dos irmãos Martin e Valent Sinkovic, medalhistas de ouro nos Jogos Olímpicos Rio-2016. Segundo Marcelo Neves, diretor técnico do CT, a Federação de Remo do Rio disponibilizará cinco vagas a mais para treinadores de clubes do Rio de Janeiro.